quarta-feira, 4 de julho de 2007

Poema do descarrego


puta da vida estou alguém me desconsertou
procurei me demorar mas não pude evitar
tentei fazer direito as coisas do meu jeito
mas aí veio a decisão e conseqüentemente a exclusão
para esse ser imbecil desejo o remorso senil
aquele que surge quando se percebe que a vida está além do que convém
idiotas à parte sigo minha viagem
tão sem graça e banal quanto aquele que me fez pensar mal


Paula

2 comentários:

Carol disse...

Isso é que é um jeito poético de dizer "excluí a porra do orkut de novo"!

Gabriela disse...

a vida fora do orkut existe sim senhor!!!