sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

"Caso o seu cotidiano lhe pareça pobre, não reclame dele, reclame de si mesmo, diga para si mesmo que não é poeta o bastante para evocar suas riquezas; pois para o criador não há nenhuma pobreza e nenhum ambiente pobre, insignificante."


(Rilke, em Cartas a um Jovem Poeta)




Paula

Um comentário:

Fernando Al-Bukowski disse...

esse livro é legal....
esse trecho também... :)