quarta-feira, 21 de abril de 2010

(ou poema da garrafa)


mergulho na região abissal
sinto seu abraço frio
escuto seu grito silencioso
isto tudo chamo de porto
é somente meu!

(Roberto B.)


Paula

2 comentários:

Roberto Borati disse...

tudo isso foi bem ORIGINAL.

Eu? Nós? disse...

Bonito

Mas leio Porto, penso em Vinho


Bandini