quinta-feira, 15 de julho de 2010

não há que se arvorizar,
a vida se desespera lá fora.








p/aneyde

Um comentário:

Roberto Borati disse...

ela desespera e as vezes espera.