quinta-feira, 8 de julho de 2010

quem me desfaz?
tenho olheiras certeiras,
um luxo, não fosse a corrosão.
para que entendam, cor-de-rosa.
quem me refaz?
de dias mal acordados, estou enfastiada.
quero um livro novo, uma lingerie nova e
um cérebro de cabeceira.

2 comentários:

Roberto Borati disse...

então tenha!


belíssimo, belíssimo!

como sempre, aliás.

A.C. disse...

também tenho olheiras certeiras
e largos dias
longas madrugadas
malacordados
a imensidão é um carmim opaco
meus livros novos já mofados
minhas meias num luxo de corrosão
desespero
a minha mão espalmada
espera acorda
que eu mesmo lanço
em desacordo des
acordado.